Veja como é o funcionamento de um Termômetro Infravermelho

29/07/2020 16:20:49

A pandemia do Coronavírus está alterando as relações de consumo em vários aspectos. Dentre eles, o trato comercial in loco, quando o consumidor vai aos estabelecimentos comerciais atacadistas e varejistas.

O termômetro infravermelho é um dispositivo moderno que, literalmente, em poucos segundos determinará a temperatura do corpo sem sequer tocá-lo. Contribui para a detecção de possíveis casos, mas a medição de temperatura em ambientes públicos e privados, mas não deve substituir uso de máscara e álcool gel.

Equipamento de medição

Termômetros digitais infravermelhos são sensores capazes de aferir a temperatura de corpos ou superfícies através da radiação emitida por eles e a medição da temperatura é feita de modo que o sensor não precisa tocar a superfície, ou seja, não tem a necessidade de contato direto. O resultado da temperatura sai na hora.

São utilizados para medir a temperatura à distância, pelo ouvido ou pela testa. São semelhantes a um controle remoto ou a uma pequena pistola de plástico.

Como a febre é um dos sintomas da Covid 19, a função da medição é identificar possível risco e prevenir o contágio. Contudo, é importante saber que a presença de suor também pode interferir no resultado. Os dispositivos são munidos de sensor infravermelho, que mede a temperatura a partir do calor que emana da superfície corporal. Se não for bem posicionado, pode fazer leituras equivocadas e induzir a erros.

Durante a utilização é emitido um sinal sonoro, um bipe. Se a temperatura estiver acima do normal, soa um bipe diferente.

Orientações do Inmetro

O termômetro infravermelho, diferentemente dos digitais e de vidros, não é regulamentado pelo Inmetro, pois não existe um controle metrológico para avaliação de modelo e verificações iniciais. Seu registro se dá apenas no âmbito da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Mas, para auxiliar o usuário, sugerem-se os seguintes cuidados:

1. Verifique se a lente ou o sensor de infravermelho estão livres de detritos, sujeira ou condensação que possam afetar a precisão da leitura. Se necessário, use um cotonete macio e álcool para limpá-lo. Cuidado para não arranhar a lente ou o sensor.

2. As medições devem ser realizadas nas condições ambientes (temperatura e umidade) especificadas pelo fabricante, devendo também aguardar alguns minutos para que o indivíduo possa repousar, caso tenha feito algum esforço físico.

3. Possíveis erros na leitura podem estar relacionados à atividade física e à ingestão de bebidas e comidas (durante a medição e/ou minutos antes). Dessa forma, é importante averiguar com o indivíduo essa possibilidade.

4. Ao fazer a leitura, assegure-se de que a lente ou sensor de infravermelho estejam a um ângulo reto (90°) da superfície do alvo, ou seja, perpendicular ao alvo “⊥”.

5. Veja no manual de instruções qual deve ser a distância entre a lente ou sensor do instrumento e a superfície a ser medida. Esse cuidado é muito importante, pois distâncias maiores ocasionarão leituras menores, podendo uma pessoa febril não ser diagnosticada como tal.

6. Há modelos que possuem recurso de selecionar a unidade de medida, graus Celsius (°C) ou graus Fahrenheit (°F). Deve-se selecionar a unidade de medida °C.

7. Há modelos que possuem dois modos de medição: o destinado à determinação da temperatura do local do corpo humano (“modo corpo”) e um geralmente designado como “modo objeto”, de finalidades diversas, até mesmo para determinar a temperatura de superfícies de líquidos.

8. Se a leitura for considerada insatisfatória, opte por usar um termômetro de contato com modelo aprovado pelo Inmetro, para assegurar o resultado da temperatura da pessoa.

Para uma medição mais confiável

É importante que o manual do fabricante seja seguido à risca por quem estiver fazendo a triagem, respeitando a distância recomendada entre o aparelho e a testa da pessoa.

Vale ressaltar que a presença de cabelos, suor ou sujeira na testa pode prejudicar a medição, assim como medicamentos utilizados previamente (como antitérmicos).

Prevenção ainda é o melhor cuidado

Para evitar a propagação da Covid 19, o termômetro infravermelho auxilia, mas nada substitui as medidas de prevenção, como a lavagem frequente de mãos, o uso de máscara e álcool gel, o distanciamento social.

É importante informar que mesmo que o aparelho detecte temperatura normal, isso não significa que a pessoa não tem covid-19, porque pode estar assintomática e nem sempre há febre.

Fonte:portal.to

 

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: