Que tal um Check-Up?

13/08/2019 15:53:50

​Saber se a saúde está em dia é importante para dar continuidade aos planos do ano, sem intercorrências. A maior parte das doenças, inclusive aquelas que parecem surgir abruptamente, é na verdade fruto de um longo processo que se inicia muito antes de seu aparecimento e que segue um curso silencioso, até os primeiros sintomas. 

A título de exemplo, o tabagismo é um fator de risco para o infarto, o enfisema pulmonar e vários tipos de câncer; o sedentarismo é um fator de risco para osteoporose, diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares; a exposição solar sem proteção é um fator de risco para o câncer de pele.

A realização do check-up permite o rastreamento e o diagnóstico precoce de doenças cardiovasculares como o infarto e o AVC; de doenças metabólicas como o diabetes, o hipotireoidismo e a osteoporose; de doenças neoplásicas como o câncer de intestino, de pele, de mama e de próstata; e de doenças infecciosas como as hepatites crônicas e o HIV. Pessoas sem fatores de risco podem iniciar uma rotina de check-up a partir dos 30 anos e realiza-lo anualmente ou a cada dois anos.

Para ajudar no cuidado e na saúde há três objetivos:

  • O primeiro objetivo do check-up é rastrear sistematicamente a presença de tais fatores de risco com o intuito de modificar o estilo de vida e assim evitar o surgimento da doença.  
  • Um segundo objetivo é detectar o mais precocemente possível as doenças já presentes no momento do check-up.
  • Existe finalmente um terceiro objetivo próprio do check-up - a promoção da saúde. Um indivíduo saudável é um individuo que goza de completo bem-estar biopsicossocial em todas as esferas de sua vida.

Fonte

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: