O que é e para que serve o estadiômetro?

30/03/2020 13:17:24

Uma das etapas mais importantes para que o nutricionista possa traçar uma boa conduta com o seu paciente é a avaliação. É nesse momento que informações essenciais são colhidas como o seu histórico de patologias e também o de sua família como doenças hereditárias, por exemplo, entre outros dados que podem fazer toda a diferença entre o sucesso e o fracasso da abordagem terapêutica.

A avaliação nutricional não é padronizada, mas para um profissional, algumas partes não podem faltar de forma alguma que são:

  • Anamnese: serão coletados hábitos alimentares, histórico das doenças e outros;
  • Análise laboratorial: fazer uma análise dos exames que o paciente levou e ver se os resultados estão adequados com o considerado normal;
  • Recordatório nutricional: os nutrientes ingeridos pelo paciente nas últimas 24 horas;
  • Avaliações antropométricas: dados como IMC, percentual de gordura e outros dados físicos que podem ser analisados com maior precisão através do uso do estadiômetro.

O estadiômetro é um aparelho essencial na hora de fazer a sua avaliação e é sobre ele que vamos falar agora!

O que é o estadiômetro?

É um aparelho utilizado para realizar uma avaliação física mais completa possível nas avaliações nutricionais e também esportivas. O estadiômetro ou antropômetro vertical é usado para medir a estatura das pessoas, especificamente dos adultos. Já para as crianças fala-se em estadiômetro infantil ou antropômetro horizontal.

Ele consegue ser muito mais eficiente que uma fita métrica, por exemplo, oferecendo medidas que muito mais fiéis à realidade. Existem vários tipos de estadiômetro, sendo que os principais são os fixos e os portáteis que, como o próprio nome já diz, podem ser levados para qualquer lugar.

Como usá-lo?

Utilizar esse equipamento é bem simples e descreveremos agora um passo a passo para que nada seja esquecido durante a aferição da medida. Antes de começar, é necessário seguir essas recomendações:

  • Peça para o paciente retirar o sapato. Mesmo que a altura seja mínima, a peça deve ser removida (a meia pode ser mantida);
  • Roupas mais pesadas também devem ser retiradas como casados, cachecóis e outras do tipo;
  • Qualquer enfeite de cabelo deve ser removido: chuchas, presilhas, fitas, qualquer um;
  • O penteado também precisa ser desfeito a fim de realizar a medição da forma correta;

O paciente deve ficar de pé, com pés e pernas localizados em paralelo e os braços devem ficar relaxados ao lado do corpo, com as palmas das mãos voltadas para dentro. O calcanhar, as panturrilhas, os glúteos, as costas e parte posterior do crânio devem ficar encostados na parede.

Algumas pessoas não conseguem encostar todas essas partes na parede por conta de desvios anatômicos. Neste caso, garanta que, pelo menos, calcanhares, costas e nádegas possam ficar posicionadas no estadiômetro.

A partir desse ponto, você deve movimentar o cursor delicadamente até a cabeça que colocando uma pressão que seja o bastante para comprimir o cabelo caso seja necessário. Após isso, basta fazer a anotação da medida encontrada.

Fonte: blog.meuspacientes

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: