Escolha com segurança o seu mobiliário hospitalar

27/10/2020 15:23:53

Os móveis hospitalares são indispensáveis para melhor conforto e segurança dos pacientes. Mas, diversas vezes, eles se sentem desconfortáveis já que o hospital não é um lugar que escolhemos ir. Quando não se tem móveis aconchegantes, que criam um clima seguro, esse sentimento é acentuado.

Ao escolher o mobiliário hospitalar, é necessário ter em conta algumas premissas.  Aqui vão algumas dicas para que essa escolha seja assertiva.

Conforto

Ao escolher os móveis hospitalares, as instituições de saúde devem levar em consideração não apenas a indispensável durabilidade – devido ao uso intensivo característico do ambiente –, mas também o conforto e a simplicidade de manutenção.

É necessário que os pacientes se sintam confortáveis durante a internação ou consulta. Isso não só os ajuda a sentirem-se mais à vontade, como também os torna mais calmos e satisfeitos. Então, é necessário escolher móveis ideais e confortáveis para cada tipo de ambiente hospitalar:

  • Salas de exames
  • Salas de espera
  • Quartos dos pacientes
  • Quartos de cuidados intensivos

Graças à contínua evolução tecnológica que vem introduzindo novos sistemas de prevenção e controle das doenças, os hospitais deixaram de ser apenas um local de atendimento de casos mais graves.

Isso trouxe uma nova visão: a necessidade de o ambiente de saúde ser agradável e acolhedor. Neste contexto, os móveis desempenham um papel de grande importância. Além de funcionais, eles devem ser visualmente agradáveis e harmônicos com os locais onde são inseridos.

Ninguém gosta de ir a uma unidade de saúde desleixada. Um hospital com aspecto limpo e bem conservado é mais cativante. E isso consegue-se através do mobiliário hospitalar adequado.

Manutenção

Como os hospitais não estão livres da proliferação de bactérias e germes, é indispensável escolher móveis que facilitam a manutenção e limpeza. Por isso a escolha de tons claros e brancos para compor balcões para recepção, gabinetes, armários, mesas, baias, entre outros.

O mobiliário precisa também ser resistente. Não pode haver ranhuras e nem detalhes que facilitem o acúmulo de sujeira. Evitar móveis colados ao piso é outro ponto importante, além da aplicação de cantoneiras e bases, pois o uso é contínuo.

Fonte: medisaude.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: