Escaras: como prevenir escolhendo o colchão

18/02/2020 14:55:06

Sabemos que dormir bem proporciona qualidade de vida e sem dúvidas, deixa o dia a dia mais positivo, porque reduz o estresse, rejuvenesce, auxilia na memória, e muitos outros benefícios. Por isso, é importante ter cuidados adequados no que tange a hora de dormir, como escolher travesseiros e colchões de qualidade.

Uma das necessidades básicas do ser humano vem sendo bastante negligenciada ultimamente, não por opção própria, mas devido a correria que muitas vezes nos é imposta. Oito horas por dia, a quantidade ideal para se dormir, tem se tornado utópico para uns, entretanto, muitas pessoas precisam passar mais tempo deitadas, por motivos de doenças, por exemplo.

Pessoas que passam muito tempo em uma posição só, são mais propensas a desenvolver escaras. Por isso, vamos explicar melhor o que são as escaras e como preveni-las usando o esse tipo de colchão, assim como o funcionamento desta tecnologia em prol da saúde.

O que é escara?

As escaras são que surgem na pele. Essas feridas aparecem com mais frequência em pessoas que passam muito tempo em uma posição só, como por exemplo: pacientes internados em hospitais, idosos e cadeirantes.

A explicação para as escaras se dá pelo fato das camadas da pele ficarem em frequente pressão, fazendo com que os vasos sanguíneos se contraiam, interrompendo, dessa forma, a circulação sanguínea para os músculos ou para a pele, ocorrendo também a hipóxia tecidual, falta de oxigenação nos tecidos.

As fases da escara distinguem-se conforme o progresso da mesma, sendo um total de quatro fases. Entretanto, ao primeiro sinal de escara “mancha vermelha que não some depois da pressão” deve-se procurar diagnóstico e tratamento, pois o avanço é muito rápido.

Ressalta-se a importância de procurar um profissional para o diagnóstico correto, pois para fazer uso de medicamentos é necessário a realização de exames, para resultados verdadeiros. A prevenção inclui mudança de posição durante o período que estiver deitado ou sentado e o uso de colchão pneumático, que estaremos explicando mais detalhadamente a seguir. 

Prevenção com Colchão Pneumático

Visto que a causa das escaras é a permanência da pessoa em uma única posição, os colchões pneumáticos se configuram na melhor opção de prevenção para o problema. Isso acontece porque esse colchão se difere dos demais que permanecem de forma unicamente plana.

Esse colchão intercala a pressão em meio as células, evitando dessa forma que o atrito (contato) entre o colchão e o paciente fique em constante pressão, diminuindo dessa forma, as possibilidades de ocorrerem escaras.

A maioria dos casos de escaras acontece em pacientes acamados, assim como outros problemas como dores musculares e outros, por isso, há algum tempo já se vem pensando em colchões que proporcionem conforto a estes pacientes.

A Inglaterra foi uma das pioneiras na utilização de camas hospitalares adaptadas as necessidades dos seus pacientes, essas camas possuíam painéis ajustáveis. Com a grande evolução que se sucedeu (e se sucede ainda) os mecanismos manuais logo foram substituídos pelos hidráulicos e estes pelos aparelhos elétricos.

O colchão pneumático é mais um dos instrumentos utilizados para proporcionar conforto e qualidade de vida aos pacientes que por um motivo ou outro, precisam passar muito tempo deitados. A alternância que este confere, atua como uma espécie de massagem, evitando a contínua pressão sobre uma única área do corpo.

Muitas vezes quando pensamos em colchões pneumáticos logo nos vem à cabeça o conforto e caímos na dúvida cotidiana: “será que eles são confortáveis? ”. A resposta para essa pergunta é sim. Muitos de nós já tivemos contato com colchões ortopédicos no passado e eles eram de fato um pouco desconfortáveis, por isso, é comum que ainda hoje associe-se todo colchão ortopédico como desconfortável. Graças aos avanços tecnológicos, materiais mais confortáveis são empregados na confecção desses colchões hoje, unindo o útil ao agradável. 

Fonte: santaapolonia

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: