Coronavírus: como usar máscara de proteção e óculos ao mesmo tempo

11/05/2020 15:16:19

Trabalhando diariamente para tratar os pacientes de covid-19 durante a pandemia, milhares de profissionais de saúde ao redor do mundo, inclusive no Brasil, também acabaram sendo infectados pelo vírus. Uma das razões é o uso incorreto de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs). Os EPIs devem ser utilizados quando medidas de proteção coletiva não são suficientes para garantir a proteção do indivíduo. No caso de agentes biológicos, quando utilizado corretamente, o EPI criará uma barreira entre o agente e sua rota de transmissão. 

Óculos de proteção

Os óculos de proteção são extremamente importantes para proteger as mucosas oculares de gotículas, respingos e aerossóis. Existem óculos descartáveis e óculos reutilizáveis, sendo que óculos reutilizáveis devem ser higienizados a cada uso. Devido a grande variação dos formatos de armações de óculos de grau, não se recomenda a completa substituição dos óculos de proteção pelos óculos de grau pessoais, ainda mais na ausência de um protetor/visor facial (faceshield). No caso do SARS-CoV-2, é importante utilizar também o protetor facial, principalmente quando os óculos não são do modelo que promove vedação.

Como colocar os óculos de proteção?

Descartáveis:

(I) Certifique-se que suas mãos e antebraços estão higienizados;

(II) Para montar os óculos, remova as duas películas de proteção do visor (uma de cada lado) e encaixe o visor na haste de plástico;

(III) Coloque os óculos por dentro da touca ou gorro do macacão.

Não descartáveis:

(I) Certifique-se que suas mãos e antebraços estão higienizados;

(III) Segure os óculos pelas laterais e posicione-os sobre a região dos olhos;

(III) No caso de óculos com elástico, coloque o elástico atrás da cabeça e ajuste-o para que o óculo não fique nem muito frouxo, nem muito apertado.

Como remover os óculos de proteção?

A desparamentação é um dos procedimentos mais críticos para o profissional de saúde, pois constitui um momento de grande risco de infecção. Todo e qualquer procedimento de desparamentação deve ser realizado devagar, sem pressa, com respirações leves e com concentração. É também o momento que o profissional de saúde está mais cansado, e por isso, toda a atenção deve ser voltada para o procedimento, evitando distrações e conversas paralelas.

Descartáveis

(I) Utilize um par de luvas novo (certifique-se que suas mãos e antebraços estão higienizados antes de colocar o novo par);

(II) Pegue os óculos pela haste de plástico com as palmas das mãos abertas, pois desta forma o operador não encostará na pele para retirar os óculos;

(III) Remova os óculos e os descarte em lixo infectante;

(IV) Remova as luvas conforme indicado e descarte as luvas em lixo infectante;

(V) Higienize suas mãos com água e sabão ou álcool gel imediatamente após esse procedimento.

Não descartáveis

(I) Utilize um par de luvas novo (certifique-se que suas mãos e antebraços estão higienizados antes de colocar o novo par);

(II) Com as mãos/luvas limpas, pegue somente na parte de traz dos elásticos (a parte que esteve coberta pela touca). É importante que você NÃO pegue nas laterais dos elásticos ou no visor;

(III) Acondicione os óculos em recipiente apropriado para posterior higienização;

(IV) Remova as luvas conforme indicado e descarte a luvas em lixo infectante;

(V) Higienize suas mãos com água e sabão ou álcool gel imediatamente após esse procedimento;

(VI) NÃO reutlize os óculos antes da desinfecção/higienização.

No caso da utilização de óculos de grau, o usuário deverá, ainda com luvas limpas, higienizar o óculos com bastante álcool 70 e com papel toalha (para remoção mecânica de sujidades).

Fonte: episaude

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: