Como fazer limpeza de ouvido com segurança

04/10/2019 13:35:30

A limpeza de ouvido caseira é uma prática frequente. O excesso de cera bloqueia o ouvido dificultando a audição, e aí vem aquela vontade de usar cotonete, o que não é seguro. Confira dicas de como fazer limpeza de ouvido com segurança:

Sintomas de cerume impactado

A cera de ouvido, ou cerume, é uma substância produzida pelo próprio organismo com a finalidade de proteger o ouvido de sujeira, bactérias, fungos e outros elementos nocivos. Normalmente, ela é liberada de modo natural pela cavidade das orelhas, por meio de mastigação e outros movimentos da mandíbula. Muitas vezes esse processo natural não causa nenhum desconforto. Entretanto, quando ele afeta a audição e bloqueia o ouvido, há o que se chama cerume impactado.

Os sintomas desse quadro incluem:

  • dor no ouvido
  • zumbido
  • audição prejudicada
  • odor forte no ouvido
  • tontura
  • tosse

A chance de desenvolvimento de cerume impactado é maior se a pessoa usa aparelho auditivo ou tampão para o ouvido. Idosos e pessoas com deficiência de desenvolvimento também correm maior risco. O formato do canal auditivo pode dificultar a limpeza natural da cera. A maneira mais segura de fazer a limpeza de ouvido é buscar ajuda médica, pois os profissionais dispõem de instrumentos adequados como pinça, instrumento de sucção e irrigação, entre outros.

Para uma limpeza de ouvido caseira, os métodos mais seguros são:

Pano úmido

Cotonetes de algodão podem empurrar a cera mais ainda para o canal auditivo. Use cotonetes apenas na parte externa da orelha ou, melhor ainda, tente limpar a área com um pano úmido e quente.

Amolecedor de cera de ouvido

Muitas farmácias vendem amolecedor líquido para cera de ouvido, que são compostos normalmente por óleo mineral, água oxigenada, sais ou glicerina. Cada tipo de amaciante de cera de ouvido possui uma recomendação de uso específica, que você pode perguntar ao farmacêutico ou ler nas instruções de uso na embalagem.

Soro fisiológico

Com uma seringa esterilizada, aplique suavemente soro fisiológico no ouvido afetado. A eficácia desse método será maior se você colocar amolecedor de cera 15 ou 30 minutos antes de realizá-lo. Para evitar tontura, morne a solução de modo que ela fique da mesma temperatura do seu corpo. Mas tome muito cuidado para não queimar o ouvido! É perigoso. Confira a temperatura antes de aplicar a solução.

O que não devo fazer

Na maioria das vezes não é preciso fazer limpeza de ouvido. Não coloque, de modo algum, objetos pequenos como grampos, cotonetes ou cantos de guardanapos, você pode acabar empurrando a cera para áreas mais profundas do canal auditivo. E, uma vez que ela se acumula, pode causar o quadro de cerume impactado. A recomendação médica é não inserir no ouvido nada que seja menor que o próprio cotovelo. Assim você evita ferir seu tímpano e danificar sua audição para sempre.

Você não deve tentar colocar soluções no ouvido em casos de:

  • Diabetes
  • Sistema imunológico comprometido
  • Buraco no tímpano

As velas auriculares são outra opção que você deve evitar. As longas velas em forma de cone são inseridas no canal auditivo e, em seguida, acesas para atrair a cera para cima com a sucção. Mas é perigoso, pois, sozinho, você pode se ferir com o fogo ou acidentalmente deixar pingar cera de vela quente no ouvido.

Complicações

Um quadro de cerume impactado que não recebeu tratamento pode gerar implicações. Você pode desenvolver mais irritação no ouvido e até mesmo perda auditiva . A cera também pode se acumular a um nível tal que pode ser difícil para o seu médico ver dentro do seu ouvido e diagnosticar outros problema.

Procure ajuda médica se estiver ouvindo zumbido, audição reduzida ou abafada e dor na região do ouvido. Esses sintomas podem sinalizar outras condições de saúde como uma infecção, que só uma médica, ou um médico, pode identificar.

Boas práticas

  • Não insira pequenos objetos no ouvido. pois dessa forma você pode causar lesões no tímpano ou impactar cera;
  • Limite sua exposição a ruídos altos. Use protetores de ouvido quando o ruído ficar muito alto.
  • Faça pausas periódicas ao usar seus fones de ouvido e mantenha o volume baixo o suficiente para que ninguém mais possa ouvir sua música. Não aumente demais o volume do sistema de som do seu carro.
  • Seque suas orelhas depois de nadar para evitar a condição conhecida como “ouvido de nadador”. Use um pano para limpar a parte externa da orelha e incline a cabeça para ajudar a remover qualquer água que possa ter entrado.
  • Preste atenção a qualquer alteração na audição que ocorra com o uso de certos medicamentos. Se você notar alterações, problemas de equilíbrio ou zumbido em seu ouvido, procure ajuda médica.
  • Consulte o seu médico o mais rapidamente possível se notar dor súbita, perda de audição ou se tiver uma lesão na orelha.

Fonte: ecycle

 

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: