Acompanhamento preciso do bem-estar embrionário, com detectores fetais

05/02/2020 14:09:56

Toda mulher sabe o quanto é importante fazer o acompanhamento médico desde o início da gravidez, pois permite um desenvolvimento saudável do bebê e reduz os riscos da gestante.

Um dos aparelhos utilizados nesse acompanhamento, é o detector fetal, também chamado de doppler fetal, monitor fetal ou sonar fetal. Com ele é possível fazer a captação dos batimentos cardíacos do feto no ventre da gestante. Esse sistema permite a transmissão de uma onda ultrassônica de baixa intensidade por meio do seu transdutor para o interior do corpo.

Como ele funciona?

A onda é refletida pelos movimentos sanguíneos ou cardíacos de artérias e veias captada pelo detector fetal, a partir da 12ª semana de gestação, ou até da 10ª semana, dependendo da posição do feto. Os sinais são captados e amplificados para serem apresentados em formato sonoro claro por um alto-falante possibilitando a identificação dos movimentos cardíacos ou sanguíneos.

Com esse aparelho, é possível uma avaliação do ritmo cardíaco do feto durante a gravidez e também do parto diagnosticando gravidez múltipla, morte fetal, e por volta da 24ª semana é possível localizar a placenta e o cordão umbilical.

Esse equipamento está disponível no catálogo de produtos da Stra Medical. Leve e de fácil manuseio, pode ser usado por profissionais de saúde em hospitais, clínicas e até mesmo em domicílios. Consulte as opções da Stra Medical.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: