A importância do banco de sangue

25/09/2020 10:46:09

Todos os hospitais, sejam públicos ou privados, precisam do suporte dos bancos de sangue. Os Hemocentros têm papel fundamental no atendimento a pacientes da rede SUS, vítimas de traumas, leucemia, queimaduras, anemia profunda e hemofilia. 

Nas amostras dos doadores de sangue são realizados dez exames: para HIV; Hepatite B (HBSAG e Anti-HBc) e Hepatite C; pesquisa de Chagas,Sífilis, HTLV e também o teste NAT para HIV, Hepatite B e Hepatite C. O teste NAT (Teste do Ácido Nucléico) detecta a partícula viral e isso diminui a janela imunológica, ou seja, o período entre a infecção do paciente e o momento em que os reagentes conseguem detectar a presença do vírus ou dos anticorpos produzidos por nosso organismo.

Também são feitos a fenotipagem sanguínea (o sistema A-B-O e o RH), Pesquisa de Anticorpos Irregulares e Pesquisa de Hemoglobina Anômala.

Rigor

Os bancos de sangue são fiscalizados pelas agências de Vigilância Sanitária em âmbitos municipal, estadual e federal. Os procedimentos são mais rígidos e a legislação diferente de um laboratório comum. São usados ainda reagentes de terceira e de quarta geração cuja sensibilidade deverá ser de 100% e especificidade superior a 99%, conforme exigência da portaria 158/2016, do Ministério da Saúde.

“Isso torna o banco de sangue e todos os processos envolvidos mais seguro para o receptor e mais confiável para o doador”, afirma a biomédica Ana Paula de Araújo Santos.

O risco de se adquirir alguma doença por meio da transfusão de sangue é mínimo, mas existe.  Nesse contexto também, a participação de biomédico se faz importante, pois o profissional atua como uma espécie de ‘investigador’ durante a triagem clínica que é feita baseada na legislação e poderá rejeitar o candidato adoação se houver discordância entre as respostas e o que preconiza a portaria 158/2016.

“Infelizmente, alguns doares ainda comparecem aos bancos de sangue para doar sangue não por um ato voluntário, mas porque não querem gastar com exames”, lamenta Ana Paula.

Fonte: http://www.crbm3.gov.br/

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
Categorias: